top of page
  • Foto do escritorMultiLab fjn

Protótipo mediaLit: pesquisa-ação para agir de forma crítica nas relações virtuais

Atualizado: 1 de jun. de 2023




Nós dependemos cada vez mais das relações virtuais para o nosso cotidiano. Além do mundo digital ser espaço de contatos entre as pessoas, também é o local de debate e mesmo resolução de questões políticas, econômicas, educacionais. É preciso, portanto, ter habilidades específicas que nos credenciem para este universo que foge do alcance real de nossas mãos.


Que habilidades, afinal, são essas? Muitos podem pensar que basta dispor de uma rede WIFI ou de dados móveis e de um telefone celular e tudo o mais estará resolvido. Mas não é bem assim: o cenário das mídias sociais exige o desenvolvimento de competências importantes para que as relações virtuais aconteçam de forma adequada, de modo a que os seus usuários não sejam levados por informações falsas e pela manipulação das informações.



O conjunto de competências que nos habilitam a adentrar o mundo virtual são estudadas a partir do conceito de literacia ou letramento para os meios de comunicação, que na era da Sociedade do Conhecimento perpassa as redes digitais e os inúmeros aplicativos - tais como Facebook e Instagram, WhatsApp e Telegram - pensando no conjunto de saberes necessários para o uso crítico destes meios.


O protótipo mediaLit é um projeto desenvolvido pelas professoras da Fundação Joaquim Nabuco Patricia Bandeira de Melo e Viviane Toraci, contando com a colaboração do professor Rodrigo Vieira de Assis, do Instituto Universitário de Lisboa (Iscte). Integra o projeto de pesquisa “Humanidades no Ensino Médio: currículos, recursos didáticos e práticas pedagógicas”, desenvolvido na Fundação Joaquim Nabuco tendo como foco investigar metodologias pedagógicas participativas para o desenvolvimento do letramento midiático e digital de professores da educação básica.


O mediaIit configura-se como uma pesquisa-ação e teve início em 2022.1, com a realização de etapa piloto com a oferta da unidade curricular eletiva Letramento para as mídias digitais no Mestrado Profissional de Sociologia em Rede Nacional (ProfSocio). Na fase seguinte, aplicamos um questionário a todos os mestrandos da Rede ProfSocio, quando obtivemos o retorno de 60 dos 200 matriculados no programa em todo o país.


Após este questionário, oferecemos uma nova edição da unidade curricular eletiva em 2022.2, contando com a participação de cursistas dos Estados de Pernambuco, Amazonas e Santa Catarina. O objetivo da UC foi de elevar os níveis de competências midiáticas dos mestrandos em relação à recepção, produção e partilha de mensagens nos vários meios a partir de uma pesquisa-ação baseada na pedagogia de Paulo Freire. Compartilhamos aqui o programa da disciplina.


A terceira etapa da pesquisa-ação foi a aplicação de questionário ao final da oferta da UC apenas com os cursistas que concluíram a disciplina. Assim, além da atividade formativa, a pesquisa trará os resultados da investigação com base em dados levantados antes e depois da oferta da UC, o que nos permitirá avaliar o impacto que iniciativas como essa podem ter na formação docente. As primeiras análises dos dados foram apresentados no XII Congresso Português de Sociologia, realizado de 4 a 6 de abril de 2023 na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. Os anais do evento estão entre nossas Publicações.


43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page